peeling é um procedimento estético que promove a renovação celular e ajuda na prevenção e atenuação dos sinais de envelhecimento. Derivado do inglês “to peel”, o peeling é um tratamento que promove o descamar da pele. Assim, o objetivo principal do peeling é, por meio de uma descamação – seja ela provocada de forma física ou química –, promover a renovação celular.¹

Benefícios do peeling: saiba mais

Quer saber para que serve o peeling? Com esse procedimento, é possível aproveitar os seguintes benefícios:

  • Suaviazação das linhas de expressão
  • Eliminação de manchas de sol;
  • Remoção de cicatrizes;
  • Limpeza com desobstrução de poros;
  • Controle da oleosidade;
  • Renovação das camadas mais finas da pele;
  • Estímulo da produção de colágeno;
  • Redução de cicatrizes;
  • Atenuação ou eliminação de marcas de acne;
  • Remoção de células mortas da pele.

Tipos de peeling: conheça as diferenças

Das camadas mais superficiais até um efeito profundo, o peeling é uma técnica que se apresenta em diversas versões, e cada uma delas é capaz de garantir um resultado específico de renovação para a pele. Por isso, a indicação é sempre procurar um médico dermatologista para receber o tratamento adequado à condição da sua pele. Dividido em dois principais grupos – físico ou químico –, o procedimento de peeling é muito procurado por sua conhecida eficácia no tratamento da pele e remoção de manchas.

Peeling físico

O peeling físico consiste na utilização de agentes indutores de abrasão para promover a descamação da pele e, com isso, garantir os benefícios do procedimento. Normalmente, são utilizados cremes abrasivos, além de aparelhos de microdermoabrasão por fluxo de cristais (peeling de cristais) ou lixas de diamante (peeling de diamante).¹

Peeling químico

Com a possibilidade de conquistar efeitos superficiais, intermediários e profundos, o peeling químico é o procedimento que utiliza substâncias para a destruição das camadas superficiais da pele, com uma esfoliação que promove a aceleração da renovação celular. Os peelings mais leves e superficiais são feitos em etapas e removem apenas camadas mais finas da pele. Por sua vez, os peelings químicos profundos são de aplicação única e demandam maiores cuidados, pois geram descamação intensa e formação de crostas. Em contrapartida, são esses últimos que têm uma ampla capacidade de remoção de rugas e cicatrizes.²

São muitas as opções de peeling químico, como:

  • Peeling com fenol;
  • Peeling com ácido tricloroacético (ATA);
  • Peeling com ácido retinoico;
  • Peeling com ácido salicílico;
  • Peeling com ácido glicólico.

Clínica no RJ – Dermatologia Clínica Lis: peeling

Para peeling físico ou químico, além de outros tratamentos de pele, conte com a equipe de Dermatologia da Clínica Lis. Buscamos o melhor da tecnologia em tratamentos para identificar as necessidades de cada paciente e trazer as melhores soluções – sempre pensando na sua saúde, bem-estar e autoestima. Dúvidas sobre peeling e outros tratamentos dermatológicos, contate-nos ou agende a sua consulta online.

Conteúdo validado por médico dermatologista: DR/CRM REFERÊNCIAS: Sociedade Brasileira de Dermatologia, Peeling Físico¹: https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/procedimentos/peeling-fisico/20/ Sociedade Brasileira de Dermatologia, Peeling Químico²: https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/procedimentos/peelings-quimicos/10/

Rua México 31, sala 904 - Centro
Rio de Janeiro - RJ

(21) 2524-0449 | (21) 2533-5357 | (21) 96778-7097
[email protected]

Agende sua consulta online