O Fio Silhouette representa uma grande inovação para uma técnica que já é tradicional na cirurgia plástica: os fios de sustentação facial. Eles são utilizados há muitos anos com o propósito de obter o rejuvenescimento da face de uma maneira rápida, simples e pouco invasiva para os pacientes.

Se você deseja conhecer o que é o Fio Silhouette, para quem é indicado e quais são suas vantagens em relação aos fios de sustentação facial, continue a leitura!

O que é o Fio Silhouette?

O Fio Silhouette é um tipo de fio de sustentação composto por ácido polilático. O material é naturalmente absorvido pelo corpo, o que faz dele um procedimento muito seguro e com mínimas chances de efeitos colaterais.

A maior vantagem do Fio Silhouette é não precisar realizar cirurgias e ter um duplo efeito – lifting e estimulador de colágeno. É um procedimento rápido e minimamente invasivo, o que garante um aspecto natural e, o mais importante, sem cicatrizes.

As áreas recomendadas para o tratamento são aquelas que apresentam mais sinais de flacidez e perda de colágeno, como:

  • Contornos do rosto (malar, mandíbula, etc)

  • Sulcos faciais, como o “bigode chinês”

  • Pescoço e papada

  • Arco das sobrancelhas

  • Contornos da boca

  • Pescoço e papada

Para quem esse procedimento é indicado?

O Fio Silhouette é utilizado para casos de flacidez leve na face e no pescoço, bem como no reposicionamento dessas regiões. O procedimento é indicado para pacientes que desejam tratar ou mesmo prevenir os primeiros sinais de flacidez. O mais comum é realizá-lo a partir dos 40 anos – período da vida em que os primeiros sinais do envelhecimento se tornam mais visíveis.

Por se tratar de um procedimento não-cirúrgico, representa uma opção para lidar com esses primeiros sinais de maneira mais simples, sem a necessidade de uma intervenção cirúrgica.

Há contraindicações?

O Fio Silhouette não é recomendado para pacientes que possuem qualquer alergia ou sensibilidade ao produto. Além disso, doenças de pele, doenças autoimunes, sepse ou infecção impossibilitam o uso do fio. Menores de 18 anos e gestantes ou lactantes não estão aptas a fazer o tratamento.

Também não é indicado para paciente com flacidez importante e muito excesso de pele no rosto. Por isso, não substitui uma ritodoplastia, a cirurgia de lifting facial, indicada em casos de flacidez excessiva.

Como funciona a aplicação do Fio Silhouette?

O procedimento pode ser realizado em ambiente não-cirúrgico, como consultórios, e geralmente é utilizada anestesia local para maior conforto do paciente.

Os fios de ácido polilático são introduzidos na gordura subcutânea, logo abaixo da pele, por meio de pequenos furos de uma agulha fina, de acordo com a região escolhida pelo paciente. O médico, então, puxa e manipula o fio para obter o resultado desejado, seja a restauração do contorno da face ou do pescoço, seja para reduzir vincos, sulcos e marcas da flacidez cutânea.

Quais os resultados esperados após o procedimento?

Imediatamente após o procedimento já é possível perceber um leve efeito lifting. Mas, como se trata de um estimulador da produção natural de colágeno, os resultados são progressivos e demoram alguns dias a aparecer.

O ácido polilático é integralmente absorvido em um período de 12 a 18 meses, sendo 10% de absorção entre 2 e 3 meses e 30% entre 3 e 6 meses. O resultado do Fio Silhouette é bastante natural e eficiente no objetivo do rejuvenescimento e na melhora dos sinais de envelhecimento.

Uma vez que o procedimento promove uma profunda hidratação da pele, os efeitos não são perdidos após a completa absorção do ácido polilático. Mas, como o processo de envelhecimento continua, é indicado conversar com seu dermatologista para avaliar a necessidade de reposição dos fios após dois anos.

Conheça outros tipos de procedimento

PDO

O PDO também é um tipo de fio de sustentação. Mas, enquanto o Fio SIlhouette é composto por ácido polilático, o PDO é composto por outra substância: a polidioxanona.

Ambos são indicados para o tratamento da flacidez facial, mas os fios de PDO são menores e não produzem efeito imediato. A duração dos resultados também é menor, por volta de 6 a 8 meses.

Ellansé

Assim como o Fio Silhouette, o Ellansé também é um estimulador de colágeno, mas não possui o efeito lifting. Ele é destinado para a correção de longa duração de rugas e restauração do contorno facial. Além de ser um bioestimulador de colágeno, é utilizado para preenchimento facial e tratamento de flacidez.

A aplicação do Ellansé é feita no próprio consultório, leva entre 30 e 60 minutos e é praticamente indolor, já que é possível a utilização de anestésico nas regiões onde a agulha será inserida.

As principais indicações da aplicação de Ellansé são:

  • Tratamento de rugas e linhas faciais

  • Reposição de volume facial

  • Perda de volume nas têmporas

  • Melhora da textura da pele

  • Reposição do volume nas maçãs do rosto

  • Tratamento de sulco nasogeniano (bigode chinês)

  • Tratamento de sulco labiomentual (ruga de marionete)

  • Aumento do queixo

  • Aumento da linha da mandíbula.

Sculptra

O Sculptra é um procedimento estético que visa o rejuvenescimento da pele. Este é o nome dado para o tratamento com o ácido poli-L-lático, uma substância capaz de estimular a produção de colágeno. Assim, o Sculptra é capaz de melhorar a textura da pele, além de rejuvenescer e restaurar o contorno facial.

A aplicação do ácido poli-L-lático se dá diretamente na pele, e cada sessão costuma utilizar um frasco de Sculptra. O procedimento é considerado simples e minimamente invasivo, o que faz dele uma opção bastante procurada por pacientes que desejam cuidar da pele.

Radiesse

O Radiesse é um gel injetável com princípio ativo de hidroxiapatita de cálcio. Assim como o Fio Silhouette e os procedimentos acima, ele tem um efeito preenchedor e estimula o processo de regeneração da pele por meio da produção de colágeno.

Seu principal diferencial em relação aos outros bioestimuladores de colágeno é a rapidez dos resultados. O Radiesse apresenta efeitos imediatos, combinados com os resultados a longo prazo da estimulação de colágeno.

Como escolher o melhor procedimento?

Com tantos nomes e efeitos semelhantes, pode ser um tanto confuso decidir qual é o melhor procedimento para você. Para isso, você pode contar com dermatologistas e profissionais especializados que irão avaliar sua pele e conversar sobre seus objetivos e expectativas.

Na Clínica Lis, você tem à sua disposição uma equipe de especialistas na área de Cirurgia Plástica e Dermatologia para realizar este procedimento e muitos outros em uma estrutura moderna, segura e agradável.

Agente já a sua consulta e conheça nosso consultório localizado no centro do Rio de Janeiro, em uma área privilegiada e acessível. Aqui, você poderá esclarecer todas as suas dúvidas com um de nossos especialistas.

 

Conteúdo validado por Dra. Maria Júlia Norton, CRM-RJ 52.87866-9