O desejo de emagrecer faz com que muitas pessoas se arrisquem em dietas da moda e outras medidas. No entanto, sabe-se que “regimes de fome” têm efeito rebote, assim como procedimentos estéticos, sem a correta indicação, não surtem o efeito desejado. A única forma segura e duradoura de mudar seu corpo é por meio de um processo de emagrecimento saudável, em paralelo à tomada de consciência acerca das escolhas feitas no dia a dia.

Neste artigo, sob consultoria do Dr. Guilherme Nahoum, cirurgião geral e bariátrico na Clínica Lis, abordamos as principais dúvidas sobre maneiras saudáveis de conquistar o seu corpo ideal. Aproveite a leitura e saiba como ir em busca do seu objetivo!

Como ter um processo de emagrecimento saudável?

Verdade seja dita: algumas pessoas não querem emagrecer, mas “serem emagrecidas”. No entanto, esse não é o melhor caminho.

Por exemplo: no caso de pacientes que sonham em fazer uma cirurgia plástica, como a lipoaspiração, o procedimento só deve ser realizado quando eles conseguem emagrecer e estabilizar seu peso. Essa é a meta, não o contrário. A cirurgia deve apenas lapidar o seu esforço.

Já outras pessoas, conscientes da importância de evitar o sobrepeso, buscam ter um processo de emagrecimento saudável. Para isso, fazem reeducação alimentar, começam a praticar atividades físicas regularmente e adotam uma série de medidas em prol dos bons hábitos de vida.

No entanto, mesmo seguindo todas as recomendações, nem sempre o peso ideal é alcançado. Nesses casos, é preciso considerar a existência de fatores internos que possam ser a razão da dificuldade para emagrecer.

É possível conquistar o corpo desejado com ajuda da endocrinologia?

Sim, a endocrinologia colabora com o emagrecimento saudável. A especialidade se dedica aos cuidados com as glândulas endócrinas, bem como para com suas doenças (as quais levam aos desequilíbrios hormonais).

Entre os problemas que podem ser investigados e tratados, estão aqueles que dificultam a perda de peso ou levam ao seu ganho. E o caso das disfunções da glândula tireoide.

A obesidade também é tratada pela endocrinologia. Por se tratar de doença crônica multifatorial — caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal e que é um importante fator de risco para outras patologias, como hipertensão e diabetes—, não se pode achar que um simples regime seja suficiente para superá-la.

Ao mesmo tempo, à medida que diagnostica os distúrbios metabólicos existentes no paciente, a endocrinologia ajuda a melhorar a saúde como um todo. Na prática, com o tratamento adequado, há um ganho em bem-estar e qualidade de vida.

Como funciona o tratamento de emagrecimento com um endocrinologista?

endocrinologista trata os distúrbios do organismo (na maioria das vezes, em parceria com especialistas de outras áreas), conduzindo o  emagrecimento saudável de maneira individualizada. Segundo as sociedades médicas, esse processo inclui:

  • identificar e tratar os desequilíbrios hormonais, bem como suas causas;
  • alimentar-se de forma balanceada diariamente;
  • fazer exercícios físicos com regularidade;
  • dormir bem, pela quantidade de horas suficiente;
  • reduzir o estresse no dia a dia.

Em certos casos, além do uso de medicamentos, pode-se indicar também o tratamento cirúrgico, como a cirurgia bariátrica. Já as cirurgias plásticas ou a cirurgia reparadora pós-bariátrica são o último estágio da transformação do corpo.

Quais são os benefícios de um emagrecimento duradouro e sustentável?

O emagrecimento saudável traz benefícios “internos e externos”. Em relação à aparência, além da redução nas medidas, ele reflete na melhora da pele, cabelos e unhas.

Mas o mais impressionante são os benefícios no funcionamento do organismo. Ao eliminar o sobrepeso, o paciente:

  • diminui o risco de ter pressão e colesterol altos;
  • previne doenças cardiovasculares, diabetes, AVC (acidente vascular cerebral), Alzheimer e câncer, além de doenças nas articulações;
  • reduz a gordura e a fibrose no fígado, que podem levar à cirrose;
  • acaba com os episódios de enxaqueca;
  • melhora o bem-estar, graças ao aumento da serotonina;
  • sofre menos alergias respiratórias;
  • reduz a ocorrência de inflamações;
  • reforça o sistema imunológico;
  • melhora o funcionamento do intestino;
  • otimiza a qualidade do sono e diminui a apneia;
  • melhora a libido e o humor;
  • diminui os níveis de estresse e as chances de desenvolver depressão.

Assim, quando um paciente tem dificuldade para perder peso, o diagnóstico do problema e o respectivo tratamento com um especialista em endocrinologia é fundamental. Ao corrigir as disfunções endócrinas e as doenças associadas, a adoção de uma alimentação balanceada e prática regular de exercícios físicos, certamente, surtirá efeito. Como mostrado, o resultado do processo de emagrecimento saudável será sentido não apenas na balança, mas na disposição, imunidade e qualidade de vida.

Gostou do conteúdo? Então, aproveite para agendar uma consulta para avaliação individual. Nossos especialistas estão à disposição!