Ellansé é um dos mais modernos procedimentos estéticos para o rosto. Trata-se de uma nova classe de preenchedor dérmico com dupla ação: preenchimento e estímulo de colágeno, indicado para redefinir a forma e o contorno facial, assim como tratar rugas e flacidez. Entre suas maiores atribuições, destaca-se a capacidade de deixar a pele mais jovem e saudável, proporcionando resultados naturais e duradouros.

Neste artigo, mostramos porque o Ellansé é um poderoso aliado contra os sinais do envelhecimento. Para saber mais, continue a leitura!

Quando o envelhecimento da pele começa?

Por volta dos 20 anos de idade, os níveis de colágeno começam a diminuir. A partir dos 25 anos, o rosto perde cerca de 1% do volume ao ano.

Com isso, ao longo dos anos a pele vai se tornando mais fina, seca e, consequentemente, com rugas. Os preenchedores surgem como uma opção para compensar a perda de volume e colágeno — e, com isso, reverter os efeitos do envelhecimento.

O que é o Ellansé?

O Ellansé é um preenchedor dérmico à base de Policaprolactona, um material seguro, absorvível e biodegradável. Ele tem dupla ação: imedita e de longo prazo. Com isso, é capaz de:

  • restaurar, imediatamente, o volume perdido em decorrência do envelhecimento;
  • estimular, gradualmente, a produção natural de colágeno pelo organismo, tratando as causas subjacentes do envelhecimento e devolvendo a firmeza ao rosto.

O mais bacana é que, diferentemente dos preenchedores à base de ácido hialurônico, cuja duração varia de seis a 18 meses, o Ellansé pode se prolongar por muito mais tempo. Em média, os efeitos duram de 12 meses a 36 meses, dependendo do tipo de Ellansé utilizado.

Quando é indicado?

O Ellansé tem diversas aplicações. A seguir, confira algumas de suas principais indicações:

  • reposição do volume facial, quando aplicado nas têmporas (maçãs do rosto), por exemplo;
  • correção duradoura de rugas, principalmente na região média da face e ao redor da boca;
  • restauração do contorno facial, como na linha da mandíbula e do queixo;
  • tratamento da flacidez e amenização de outros sinais do envelhecimento.

Existem efeitos colaterais e contraindicações?

Entre os efeitos colaterais do Ellansé, os mais comuns ocorrem nos locais das aplicações, entre eles estão a vermelhidão e o inchaço, assim como coceira, descoloração e/ou sensibilidade. Erupções cutâneas, eritemas, hematomas, dor temporária, nódulos, entre outros problemas, também podem ocorrer — ainda que os riscos sejam mínimos. Para evitar efeitos colaterais o imprescindível realizar o preenchimento facial com Ellansé com um(a) dermatologista ou cirurgiã(o) plástica(o) que já tem experiência com a técnica.

O Ellansé é contraindicado para quem já está realizando outros procedimentos estéticos na face. Caso tenha feito uso de preenchedores no passado, converse com o dermatologista para saber qual a melhor conduta a ser adotada.

Como funciona?

As aplicações do Ellansé são feitas em pontos específicos da face, conforme as necessidades individuais. Para isso, utiliza-se uma agulha ultrafina e um creme anestésico — o que torna o procedimento praticamente indolor.

O procedimento leva, em média, de 30 a 60 minutos, dependendo da área tratada. Na maioria dos casos, basta uma única sessão. Mas é importante ressaltar que os alcances do Ellansé variam de acordo com as características de cada paciente.

Quais são os cuidados após o tratamento?

Até a vermelhidão e o inchaço sumirem, evite se expor à luz solar, assim como à iluminação ultravioleta e até ao frio extremo. Fora isso, os únicos cuidados pós-procedimento é não praticar atividades físicas, nem tomar banho muito quente, por 24 horas.

Como são os resultados?

Para quem deseja restaurar o volume facial e/ou eliminar rugas e flacidez sem recorrer às técnicas de cirurgia plástica, o Ellansé é uma excelente opção. Análises posteriores mostram que 100% dos pacientes se sentiram satisfeitos com os resultados finais — os quais aparecem em até três meses. Além disso, quase 80% deles demonstraram ter vontade de repetir o procedimento dois anos após sua realização.

Onde encontrá-lo no Rio de Janeiro?

O Ellansé é um tratamento dermatológico oferecido em centros de estética autorizados. No Rio de Janeiro, RJ, já é possível realizá-lo na Clínica Lis.

Para quem deseja ter um rosto rejuvenescido, com uma melhora considerável na tonicidade, firmeza, elasticidade e textura da pele, bem como reposição dos volumes e redefinição dos contornos, vale a pena considerar o Ellansé. Converse com um especialista e descubra porque ele tem, merecidamente, a fama de trazer de volta o aspecto jovial!

Gostou do conteúdo? Para saber mais sobre as novidades em procedimentos estéticos e conferir dicas imperdíveis, siga a Clínica Lis no Facebook e Instagram.