Quando se trata de ter um abdome definido, nem sempre a associação de dieta saudável e exercícios físicos é suficiente. Nesses casos, entra a ajuda dos procedimentos estéticos para a barriga. Mas, apesar de gerarem muito interesse, sabemos que eles também despertam muitas dúvidas.

Por isso, selecionamos algumas questões e organizamos dois blocos. Primeiramente, abordamos os procedimentos minimamente invasivos e, na sequência, os cirúrgicos. Confira!

Procedimentos estéticos para o abdome — minimamente invasivos

1. Quantas sessões de Sculptra são necessárias para um resultado satisfatório?

A quantidade depende do objetivo do paciente e do grau de flacidez na barriga. Geralmente, indica-se de duas a três sessões de Sculptra, com intervalo de 30 a 60 dias entre elas. Os resultados começam a aparecer após dois meses e possuem duração média de dois anos.

2. É possível colocar fios de sustentação na barriga?

Os fios de sustentação (ou fios Silhouette) podem ser usados para tratar o chamado umbigo triste, proporcionando um efeito de lifting. Eles são resistentes, fabricados com substâncias facilmente absorvidas pelo organismo e apresentam baixíssimo risco para infecções e inflamações. O efeito dura entre um e dois anos e, após esse período, pode ser realizado um novo tratamento.

3. O procedimento com ultrassom macrofocado é dolorido?

O tratamento com ultrassom macrofocado é indicado para eliminar a gordura, bem como tratar a flacidez — graças ao estímulo à produção de colágeno. Ele é feito em consultório. De maneira geral, os pacientes sentem  um pequeno desconforto, por conta da alta temperatura, mas o procedimento é totalmente aceitável.

4. O ultrassom microfocado ajuda a combater a flacidez abdominal?

Sim. O ultrassom microfocado é um procedimento que trata a flacidez aquecendo as camadas mais profundas da pele. Na prática, ele promove a retração das fibras de colágeno no tecido adiposo, além de consumir a gordura. Assim, ajuda a eliminar a gordura e possibilita um abdome mais firme e tonificado.

Procedimentos estéticos para o abdome — cirúrgicos

5. A lipoaspiração pode ser indicada para emagrecimento?

Não. Esse procedimento é indicado para pessoas que têm excesso de gordura abdominal. O objetivo da lipoaspiração é tratar a gordura localizada que não é eliminada com a prática de exercícios físicos e uma dieta balanceada. Pacientes que estão acima do peso e devem emagrecer antes de cogitar realizar a cirurgia.

6. Qual é a cirurgia para tratar o abdome após a gravidez?

abdominoplastia é ideal tanto para quem emagreceu muito (geralmente, pacientes submetidos à bariátrica), como para quem ficou com sequelas após gestações. Ela pode ser realizada a partir de seis meses depois do parto.

O procedimento trata a flacidez, gordura localizada e as estrias deixadas no abdome. Além disso, permite reconstruir a musculatura em caso de diástase, por meio da plicatura (amarração) dos músculos afastados.

7. Como é o período pós-operatório da abdominoplastia?

recuperação da abdominoplastia costuma demorar cerca de 2 meses e é um período que exige cuidados. Em alguns casos, pode ser necessário usar um dreno no pós-operatório imediato.

Nos primeiros dias, é importante fazer repouso das suas atividades diárias. Aliás, durma somente de barriga para cima, com travesseiros embaixo dos joelhos.

Além disso, evite esforços (como pegar pesos) durante 60 dias. Use a cinta modeladora, também por 60 dias ou pelo período estipulado pelo cirurgião, tirando-a apenas para tomar banho. Não exponha a área operada ao sol até os hematomas sumirem e, depois disso, cubra as cicatrizes com muito protetor solar.

8. Quais são os cuidados necessários antes das cirurgias?

De maneira geral, é necessário:

  • realizar os exames e as avaliações médicas complementares;
  • tomar as medicações recomendadas pelo cirurgião e/ou ajustar o uso dos seus medicamentos atuais;
  • Interromper o uso de anticoncepcionais orais;
  • parar de fumar com antecedência;
  • manter uma alimentação saudável;
  • esclarecer todas as dúvidas e alinhar suas expectativas junto ao especialista.

Agora que você conhece melhor os procedimentos estéticos para o abdome, saiba que não é preciso “quebrar a cabeça” para escolher o mais adequado. Isso cabe ao cirurgião plástico, baseado na análise individual feita no consultório. A função do paciente é, somente, apontar o que lhe incomoda e o que espera da intervenção.

Se você se interessa pelo assunto, siga a Clínica Lis no Facebook e Instagram e não perca nenhuma novidade. Além disso, confira outros conteúdos já disponíveis em nosso site!