Os seios são essenciais para a autoestima de muitas mulheres. Então, quando algo causa um desconforto, como tamanho muito pequeno e flacidez, as cirurgias plásticas entram em cena. As mais comuns são a mamoplastia de aumento e a mastopexia com prótese.

Mas você conhece as diferenças entre elas? Basicamente, uma é utilizada para tornar as mamas maiores, com o auxílio do silicone, enquanto a outra também trata o excesso de pele, que gera a flacidez.

Porém, existem vários outros detalhes que as envolvem e que são importantes para definir qual procedimento realizar. Quer conhecer tudo sobre essas duas técnicas? É só acompanhar a leitura!

A mamoplastia de aumento

Esse é o nome oficial da velha conhecida cirurgia de implante de silicone. Como está claro, o objetivo é aumentar o tamanho dos seios.

No entanto, do momento da primeira consulta com o cirurgião plástico até a entrada no centro cirúrgico, é necessário tomar diversas decisões, como o modelo da prótese a ser inserida.

Existem vários perfis, por exemplo: o baixo, o moderado, o alto e o anatômico. Cada um deles definirá uma forma de projeção dos seios, ou seja, qual área da mama ficará mais marcada, seja no topo ou na base.

Também deve-se definir o tamanho, que pode ser de 150 ml a 600 ml. Claro que essas escolhas precisam ser feitas com a orientação do médico.

As técnicas da mamoplastia

Outro fator a ser decidido é sobre as técnicas de inserção do silicone. Existem três, cada uma com suas vantagens:

Subglandular: neste tipo de cirurgia, a prótese é colocada entre o músculo peitoral e a glândula mamária. É a forma ideal para quem deseja ter seios mais marcados.

Submuscular: como o próprio nome diz, o silicone é colocado atrás do músculo, gerando um resultado mais natural.

Dual plane: essa técnica combina as duas mencionadas acima. Dessa forma, o topo da prótese fica abaixo do músculo, deixando um aspecto mais natural, enquanto a base se situa atrás da glândula, formando seios mais marcados. A recuperação também pode ser mais rápida, caso seja utilizado o protocolo R24r.

Entenda a mastopexia com prótese

Algumas mulheres acreditam que, para tratar a flacidez nos seios, basta inserir um implante de silicone, como uma maneira de “complementar” o espaço do excesso de pele. Isso não está certo!

A flacidez, causadora dos temidos seios caídos, deve ser tratada pela cirurgia de mastopexia, que pode ser feita com ou sem prótese. Nela, o cirurgião plástico irá retirar a pele excedente e promover um efeito lifting.

As cicatrizes podem ficar ao redor do mamilo ou em formato de T invertido. Isto é, da base do seio até a aréola. A definição do corte levará em consideração a quantidade de flacidez da paciente.

Mastopexia com prótese

O lifting associado à inserção do silicone é realizado quando a mulher também deseja aumentar o tamanho dos seios. Além disso, a mastopexia com prótese também é indicada quando não existe quantidade suficiente de tecido mamário para a remodelação da mama.

Mastopexia sem prótese

A mastopexia sem prótese pode ser feita quando a paciente já possui um volume mamário considerável e, com ele, é possível modelar bem a mama depois da retirada do excesso de pele.

Há o ponto positivo de não precisar inserir um corpo estranho no organismo. Mas o formato dos seios pode mudar com o tempo, caso a mulher engorde, emagreça ou engravide, por exemplo. 

Todas as cirurgias precisam de cuidado

Tanto a mamoplastia de aumento quando a mastopexia com próteses requerem cuidados. No pré-cirúrgico, é necessário realizar diversos exames para checar se está tudo em ordem com a saúde, além de interromper o uso de determinados medicamentos, como anticoncepcionais e anticoagulantes.

Já após o procedimento, a paciente precisará usar o sutiã pós-cirúrgico, que mantém a estabilidade da área operada e ainda contribui com a cicatrização. Também é essencial dormir apenas de barriga para cima, cuidar bem dos curativos e voltar para as consultas de retorno com o cirurgião.

Mamoplastia de aumento e mastopexia com prótese: qual a melhor?

Essa pergunta só pode ser respondida com o cirurgião plástico. Depois de uma avaliação do seu quadro clínico, o especialista poderá indicar o melhor procedimento para você: a mamoplastia de aumento ou a mastopexia com prótese.

Portanto, marque uma consulta aqui na Clínica Lis,,no Rio de Janeiro. Agende pelo nosso site. Ou, se preferir, entre em contato pelo WhatsApp (11) 96762-5561 ou telefones (21) 2524-0449 | (21) 2533-5357.