Realizar uma cirurgia nos seios, seja para aumentá-los ou diminuí-los, é o sonho de muitas mulheres. Contudo, com essa decisão surge a dúvida: como cuidar da cicatriz de mamoplastia?

O resultado da cicatrização também é algo que gera medo. Afinal, ninguém quer ficar com uma marca estranha no corpo, não é mesmo? Por isso, decidimos criar esse guia para te auxiliar nos cuidados com as suturas do procedimento. Você verá que, com as condutas corretas, é possível se recuperar e ter uma cicatriz discreta. Confira!

Tipos de mamoplastia

Antes de tudo, é importante conhecer os tipos de mamoplastia. A primeira é a de aumento, ou seja, aquela em que é inserida a prótese de silicone. Além dela, também há a de redução, realizada quando a paciente possui seios muito grandes e deseja diminuí-los.

Nessa lista entra ainda a mastopexia, que é outra cirurgia nos seios, mas que visa tratar a flacidez com a retirada do excesso de pele.

Portanto, existem diversos tipos de incisões e, consequentemente, diferentes cicatrizes resultantes das mamoplastias. As mais comuns são:

  • Periareolar: o corte é realizado ao redor das aréolas.
  • Inframamária: quando a incisão é feita na base dos seios.
  • Axilar: como o próprio nome diz, os cortes são feitos nas axilas. Geralmente, apenas para a inserção de silicone, cada vez menos utilizada.
  • “Pirulito”: a cicatriz fica ao redor da aréola e se estende na vertical até a base da mama.
  • T invertido: o corte é feito na vertical, com a extensão na horizontal, abrangendo a base dos seios.

Cada tipo de incisão dependerá das necessidades da paciente e do resultado desejado. Portanto, é essencial conversar muito com o cirurgião plástico a respeito desse assunto.

Como cuidar da cicatriz da mamoplastia: checklist de condutas

Como já mencionamos, com os cuidados certos, você pode ter uma cicatrização saudável e a marca da cirurgia ficará quase imperceptível. No entanto, saiba que isso leva tempo. Depois de uma semana do procedimento, a sua pele estará apenas cerca de 3% cicatrizada. Com três meses, esse percentual pode atingir até 80%.

Então, saiba o que fazer para obter essa boa recuperação.

Mantenha o repouso

O primeiro cuidado fundamental é manter o repouso como prescrito pelo médico. Geralmente, é necessário evitar movimentos bruscos com os braços nas três semanas após o procedimento.

Depois disso, é possível se movimentar mais, mas ainda evitar movimentos amplos, como espreguiçar e levantar os braços completamente, além de exercícios de alto impacto. Após seis semanas, outros movimentos estão liberados.

Todas essas precauções são importantes para evitar o alargamento da cicatriz.

Cuide bem dos curativos

Logo após o fim da cirurgia, a paciente usa um curativo com gaze esterilizada. Em casa, siga as orientações de cuidados do seu cirurgião.

Depois disso, podem ser utilizadas fitas de silicone, micropores e pomadas. No entanto, vale lembrar que o uso de qualquer produto deve ter a aprovação prévia do cirurgião.

A alimentação também faz parte das dicas de como cuidar da cicatriz da mamoplastia

Uma boa alimentação também é importante para ajudar o corpo a se recuperar da mamoplastia. Por isso, invista em alimentos ricos em vitamina C. Esse é o nutriente que auxilia na reposição do tecido danificado, além de estimular a produção de colágeno, a proteína que promove elasticidade à pele.

Você encontra a vitamina C nas frutas cítricas, tomate, brócolis, couve, pimentão e batata-doce.

Use o sutiã cirúrgico adequadamente

O sutiã cirúrgico promove a sustentação da área operada, o que ameniza dores e auxilia na cicatriz da mamoplastia. Assim, o recomendado é utilizar a peça ininterruptamente no primeiro mês. Em seguida, a paciente deve seguir a recomendação do seu médico

Cuidado com o sol

Evitar a exposição solar também é uma forma de cuidar da cicatriz da mamoplastia. A orientação é não se bronzear nos primeiros três meses depois do procedimento, pois há o risco de deixar a marca mais escurecida.

O aspecto normal da cicatriz da mamoplastia

Depois de conhecer como são os cuidados necessários com a cicatriz da mamoplastia, saiba que, nos primeiros meses, é normal que ela fique um pouco avermelhada. Essa cor muda e se torna mais discreta com o passar do tempo.

No entanto, é essencial procurar ajuda médica se você perceber saída de pus e sangue da marca, além de ter dor e febre.

O seu cirurgião irá te ensinar como cuidar da cicatriz da mamoplastia

Todas as condutas que citamos são importantes, mas cada paciente terá uma necessidade diferente. Por isso, é o cirurgião plástico que irá te mostrar como cuidar da cicatriz da mamoplastia de acordo com as suas condições de saúde.

Caso tenha restado alguma dúvida, entre em contato e vamos te ajudar. Você também pode agendar uma consulta com nossos especialistas.